Como minar bitcoin (BTC) com uma Nintendo Game Boy ?

Um youtuber especializado em retrogaming lançou a si próprio um grande desafio.

Stacksmashin decidiu transformar a sua Game Boy numa máquina de mineração de bitcoin (BTC).

Em quantos anos é que a consola vintage da Nintendo vai poder encontrar um novo bloco?

Mineração de bitcoin (BTC) com uma consola portátil

Hoje em dia, é quase impossível encontrar boas cartas gráficas ou hardware de mineração (ASICS) após uma loucura geral pela mineração de cibermoedas.

À procura de uma alternativa (e especialmente para montar a vaga do mining), um youtuber conhecido pelo nome de “stacksmashing” decidiu transformar uma Nintendo Game Boy numa máquina de mineração de bitcoins (BTC).

Foi depois do anúncio do Elon Musk sobre a possibilidade de comprar os carros da Tesla com bitcoin que o stacksmashing decidiu fazer mineração da criptomoeda. Só que, sem equipamento adequado, o youtuber teve de se tornar criativo.

A Game Boy em pleno trabalho de mineração
A Game Boy em pleno trabalho de mineração – Fonte: YouTube

De facto, o stacksmahing percebeu rapidamente que estava na posse de uma grande quantidade de material de videojogos. Então o youtuber concentrou toda a sua atenção na icónica consola portátil dos anos 90: a Game Boy da Nintendo.

Num vídeo publicado no YouTube este fim de semana, o stacksmahing explica em detalhe como é que ele modificou a pequena consola para a transformar numa verdadeira máquina de mineração de bitcoin.

Como minerar bitcoin com um Game Boy?

Sem modificações, o Game Boy da Nintendo utilizada pelo stacksmashing possui um processador de 4,19 mega-hertz e 8 kilobytes de memória vídeo.

A consola não tem capacidade de se ligar a outros dispositivos, o que é um obstáculo para o youtuber que quer extrair os seus próprios bitcoins.

Se a Game Boy não está equipada com Wi-Fi, então como é que a vai conseguir comunicar com o nó da rede Bitcoin?

Através da utilização de um chip microcontrolador Raspberry Pi Pico, o stacksmashing conseguiu ligar a consola ao seu computador, fazendo um adaptador USB totalmente improvisado.

Depois de fazer esta ligação com sucesso, o stacksmashing descarregou um nó Bitcoin completo no seu computador e criou um software personalizado para poder criar as moedas criptográficas a partir da sua Game Boy.

Mining Bitcoin na Nintendo Game Boy – Fonte : Youtube

A seguir, modificou o “ntgbtminer”, um programa de mineração que lhe permitiu externalizar os cálculos feitos para a consola e não para um computador.

Uma vez finalizada, a nova criação de stacksmashing foi capaz de iniciar a tarefa que lhe foi atribuída. No entanto, com este processo, a extração de bitcoins é obviamente mais lenta do que com um sistema clássico.

De acordo com o stacksmashing, uma vez que a Game Boy é alimentada por apenas quatro pilhas, demoraria o equivalente a 40 anos a detetar um novo bloco de Bitcoin com a sua velocidade de cálculo atual.

Esta proeza é um sucesso para o stacksmashing, mas não é evidente que os espertalhões que esperam poupar dinheiro em hardware extremamente caro se interessem por esta solução improvisada.

Deixe um comentário